HomeSem categoriaPortas Abertas recebe Selo Doar

Portas Abertas recebe Selo Doar

O Selo Doar atesta a adequação da organização ao Padrão de Gestão e Transparência do Terceiro Setor

A Portas Abertas foi aprovada com conceito A no processo de certificação do Instituto Doar. O alvo do instituto é ampliar a cultura da doação no Brasil e no mundo. Por isso, além do Selo Doar, criou também o Dia de Doar e o prêmio Melhores ONGs, realizado em parceria com a Ambev. O objetivo do prêmio é incentivar organizações sem fins lucrativos, como a Portas Abertas, a serem cada vez mais eficientes em suas ações.

O instituto avalia as organizações não governamentais (ONGs) segundo critérios como causa e estratégia de atuação, representação e responsabilidade, gestão e planejamento, estratégia de financiamento, prestação de contas e comunicação. Para concorrer, as ONGs passam por um longo processo, que envolve, entre outras coisas, responder a um questionário por meio do qual serão avaliadas segundo mais de 40 critérios. Para serem aprovadas, as ONGs precisam atender no mínimo 80% dos critérios.

É a primeira vez que a Portas Abertas participa do processo para obter a certificação. De acordo com o secretário-geral da Portas Abertas, Marco Cruz, o Selo Doar é mais uma afirmação da transparência e integridade em todos os procedimentos da organização. “A Portas Abertas preza por essa transparência em todos os processos de como os recursos doados são aplicados. Além da auditoria externa anual, o Selo Doar é a certificação em relação à integridade de quem nós somos e daquilo que fazemos e uma garantia aos parceiros que acompanham, oram e doam à Igreja Perseguida, por meio da Portas Abertas. Estamos gratos e muito felizes por esse momento”, afirma Cruz.

Selo Doar: confirmação de transparência e integridade

Agora, com o Selo Doar, a organização está apta a participar e concorrer ao prêmio Melhores ONGs. A Portas Abertas é grata pela conquista do Selo Doar, que concede ainda mais credibilidade ao ministério de apoio à Igreja Perseguida. “Reconhecemos que sem a parceria de cristãos de todo o Brasil esse ministério não seria possível. O Selo Doar é, portanto, um avanço na missão de ver cada vez mais pessoas engajadas na causa da Igreja Perseguida para que assim o Pai seja glorificado por meio de seu corpo na terra”, conclui o secretário-geral.

Fonte: Portas Abertas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Popular