HomeNotíciasUtilidade públicaFacebook, WhatsApp e Instagram estão em baixo

Facebook, WhatsApp e Instagram estão em baixo

A falha foi registada pouco depois das 16h em Portugal. Utilizadores de vários países por todo o mundo estão sem acesso às apps do Facebook. Empresa diz estar a tentar resolver o problema.

As redes sociais Facebook, WhatsApp e Instagram (todas pertencentes ao mesmo grupo) estão na tarde desta segunda-feira com falhas nos serviços em todo o mundo. Os problemas no acesso às aplicações começaram a notar-se por volta das 16h15, impedindo, por isso, a interacção entre utilizadores.

De acordo com o site Downdectector, que analisa várias fontes de informação – incluindo publicações em redes sociais –, os problemas começaram a ser reportados perto das 16h30. “Estamos cientes de que algumas pessoas estão a ter problemas em aceder às nossas aplicações e produtos. Estamos a trabalhar para voltar ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente”, escreveu o Facebook na conta oficial do Twitter.

As falhas são reportadas por utilizadores não só de Portugal, mas também de outros pontos do globo como é o caso do Reino Unido, Estados Unidos da América, Brasil, Alemanha, entre outros.

Em todo o mundo, o site Downdetector dá conta de mais de 50.000 incidentes relacionados com as redes sociais do grupo. Contudo, a interrupção pode estar a afectar um número mais alargado de utilizadores.

As interrupções são comuns nas aplicações de forma isolada, mas não em todas ao mesmo tempo, conforme refere o jornal The New York Times. Dois membros da equipa de segurança do Facebook, que falaram ao mesmo jornal de forma anónima, afastaram a hipótese de que um ciberataque possa estar na origem dos problemas.

Até ao momento não são conhecidas as causas da anomalia. Apesar disso, a mensagem de erro na página da Facebook Inc sugeriu um problema com o Sistema de Nomes de Domínio (DNS), diz a agência de notícias Reuters. O Facebook teve uma falha generalizada semelhante à desta segunda-feira ainda em Março e Julho deste ano.

As acções da empresa, que tem quase dois mil milhões de utilizadores activos por dia, caíram 5,5% nas negociações da tarde desta segunda-feira, aproximando-se do seu pior dia em quase um ano.

Fonte: PÚBLICO/Reuters

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Popular