HomeMissõesIgreja PerseguidaConheça os países que deixaram a Lista Mundial da Perseguição

Conheça os países que deixaram a Lista Mundial da Perseguição

O perfil dos países que integram o ranking já mudou bastante ao longo dos anos. Seis saíram da listagem, sendo um deles da América Latina 

Há muitos anos, a Portas Abertas acompanha a situação da Igreja Perseguida. A instituição realiza uma pesquisa anual com o objetivo de monitorar e medir a perseguição aos cristãos ao redor do mundo. A primeira Lista Mundial da Perseguição (LMP) foi divulgada em 1993. No próximo dia 19 de janeiro, sairá a 30ª edição da listagem.

O perfil dos países que integram o ranking já mudou bastante ao longo dos anos. Algumas nações que já fizeram parte do Top50, no entanto não fazem parte nem mesmo da Lista de Observação. Entre eles estão Bielorrússia, Camboja, Grécia, Israel, Líbano e Peru. Desses, segundo Portas Abertas, o que mais chama atenção é Bielorrússia. Isto porque já esteve na lista principal por 11 vezes, entre os anos de 2002 e 2012. Por outro lado, o latino Peru, aponta a instituição, surgiu seis vezes, seguido por Camboja, com três aparições, Israel, com duas, e os outros dois com uma aparição cada.

Portas Abertas aponta ainda que dos países que fazem parte da Lista de Países em Observação 2021, 14 já estiveram na Lista Mundial da Perseguição. Um exemplo, os Emirados Árabes Unidos que esteve 27 vezes entre os 50 primeiros colocados. Logo depois, entre os que mais se destacaram, estão: Djibuti, com 25 aparições no Top50, Bahrein, com 24, Sri Lanka, com 23, Azerbaijão, com 22, e Cuba, com 20.

A instituição também destaca que oito dos 24 países em observação durante o ano de 2021 nunca fizeram parte da Lista Mundial de Observação. Eles permanecem com pontuação para a Lista de Países em Observação: Burundi, Guiné, Sudão do Sul, Gâmbia, Costa do Marfim, Ruanda, Nicarágua e Togo.

Fonte: Por Patricia Scott – Revista Comunhão

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Popular